Quinoa doce


Já aqui disse que não gosto muito dos doces de Natal, porque muitos deles são fritos. Este ano, também porque mudei os meus hábitos alimentares, não comi rigorosamente nada dos doces fritos. Em compensação, gosto muito de bolo-rei e comi muito! Deixo-vos a receita do "arroz-doce" que fiz, sem açúcar. Na verdade, usei quinoa, mas podem fazer esta receita com arroz. 
Quando comecei a receita, pensei juntar gema de ovo, tal como faço no caso do arroz-doce tradicional, mas depois achei que já estava bastante rica e não precisava. Usei as passas e as nozes para dar textura e, no final, até achei que parecia mais mexidos. Arroz-doce ou mexidos, o importante é que se trata de uma receita deliciosa. Experimente!   

Panquecas rápidas de Natal

 

 Mais uma receita de panquecas rápidas para fazer por estes dias. São muito fáceis de fazer e deliciosas. Se tiver mais tempo, pode sempre fazer estas panquecas de aveia com fruta fresca, estas de morango e chocolate, ou estas com maçã e molho de canela e limão.

Quero desejar a todos os seguidores do blogue um Santo Natal, junto das pessoas que mais amam, e um 2016 muito docinho, cheio de momentos felizes.  

Filetes de polvo com arroz do mesmo

 Para mim, Natal sem polvo não é Natal. Quem é do Norte sabe que na mesa da consoada tem de haver polvo. Também gosto muito do bacalhau assado na brasa (sim, em minha casa não é cozido), mas o polvo é o meu prato preferido. Posso comê-lo outras vezes durante o ano, mas, no Natal, tem outro sabor. Por norma, fazemos salada de polvo ou polvo à lagareiro para a consoada e o que sobra é usado para fazer esta receita. 

Risotto de trigo-sarraceno com beterraba


Mais uma receita com trigo-sarraceno - o grão desta planta da família do ruibarbo e das azedas é isento de glúten. Já expliquei aqui os seus benefícios e aqui como se cozinha. Esta receita é vegetariana, mas pode acompanhar este risotto com uma proteína, por exemplo ovos cozidos picadinhos, fica muito bom.O sumo do limão é essencial para contrastar com a doçura da beterraba e o leite de côco torna o prato mais cremoso. Experimente!

Papas de trigo-sarraceno com abóbora e especiarias

Desde o início do ano, todos os dias, tenho tentado fazer um pequeno-almoço saudável e nutritivo, mas, como sabem, sem glúten e sem lactose. A luta continua. Deve ter sido a minha única resolução de Ano Novo que levei a sério. Houve tempos em que nem sequer tomava o pequeno-almoço, mas, atualmente, é a minha refeição principal. Hoje, vejo que, quando não o tomo, passo o dia cheia de fome e faço mais asneiras, ou seja, como o que não devia e mais do que devia. As papas de aveia também são ótimas, mas demoram um pouco mais a cozer. Se quiser saber mais sobre o trigo-sarraceno leia este post.

Como cozinhar trigo-sarraceno?


Já aqui expliquei que o trigo-sarraceno (ou trigo-mourisco) não é trigo nem sequer um cereal. Trata-se de uma planta da família do ruibarbo e das azedas, logo é isento de glúten. Está disponível em grão, flocos ou já em farinha. Para saber mais sobre os seus benefícios, clique aqui.

Uso imenso a farinha em bolos e os flocos para fazer granola e papas, mas o grão também é ótimo e pode ser usado como acompanhamento (em substituição do arroz, massa ou batatas) ou em saladas.

Como cozer o trigo-sarraceno?

Superalimentos #5 [sementes de cânhamo]



As sementes de cânhamo são ideais para quem pretende reduzir o consumo de proteína de origem animal e pessoas com um grande desgaste físico e mental.

Devido ao seu aporte nutricional (fonte de proteína, alto teor em fibra, vitaminas E, B1, ácido fólico, magnésio, ferro, potássio e zinco), presente principalmente na casca, estas sementes são um excelente complemento à alimentação diária, com imensos benefícios que contribuem para:

Pequeno-almoço sem lactose e sem glúten #1

Quando deixei de comer iogurtes e de beber leite, reduzi a ementa do meu pequeno-almoço. Adoro ovos mexidos, mas precisava de mais variedade. Partilho algumas fotos dos meus pequenos-almoços com quem procura alternativas, no caso, sem glúten e sem lactose.


Cheesecake de maracujá


Comecei a escrever o blogue há precisamente 2 anos, no Dia de S. Martinho, com esta receita de tarte de castanha. Comecei a fazê-lo porque, na altura, andava a fazer um curso de culinária e outro de pastelaria, e fazia imensos pratos que aprendia nos cursos e inventava outros. Achei que precisava de ter um registo das receitas ou iria esquecer tudo, até porque faço tudo muito a olho. Confesso que a minha ideia inicial era ter um registo das receitas para mim e, quem sabe, para algumas amigas que mas pediam.

Onde rapar o tacho? #16


Sem dúvida, o Porto é uma das minhas cidades prediletas.
Mais uma vez, quero falar-vos de um "tacho" nesta cidade - a Leitaria Quinta do Paço. Já tinha ouvido falar deste espaço e tinha curiosidade de o conhecer e experimentar os famosos éclairs.

Banana bread [sem açúcar e sem glúten]

 

Finalmente, cá está a receita que postei há uns meses no Instagram e que já várias pessoas me tinham pedido. Quem me segue no Instagram poderá ter reparado que tenho feito várias receitas sem glúten (e sem açúcar refinado). Na verdadedc, desde há uns meses, tenho tentado retirar o glúten da minha alimentação e sinto-me bem melhor. Este foi o primeiro bolo que fiz sem glúten e sem açúcar refinado. Fiquei surpreendida ao ver que é possível fazer um bolo mesmo delicioso apenas com alimentos mais saudáveis. Embora se chame bread, no fundo, trata-se de um bolo.
 Entretanto, já fiz outros, seguindo sempre a mesma receita base. Em breve, partilho as receitas. 

Papas de quinoa com mirtilos

 

Uma das minhas resoluções de Ano Novo foi passar a comer um bom pequeno-almoço todos os dias e a luta continua. Como tento excluir a lactose da minha alimentação, as minhas opções mais óbvias ficaram mais reduzidas, por isso tenho procurado alternativas saudáveis e nutritivas.
Um destes dias, fiz papas de quinoa com mirtilos (veja esta outra receita de papas de quinoa) e adorei. Pode servi-las quentinhas, sabem muito bem em dias frios. Se sobraram, pode aquecê-las, ficam na mesma ótimas. Ando um bocado viciada em papas de quinoa. :)
 

Como cozinhar quinoa?


Para saber mais sobre este super cereal, o mais rico em proteínas, leia este post.

A quinoa pode ser ingerida, por exemplo, ao pequeno-almoço, em substituição dos cereais habituais. Veja esta receita de papas de quinoa e sementes de chia.

Pode usá-la em sopas. Pode comê-la às refeições principais, em saladas ou como acompanhamento(cozida ou em puré). Veja esta receita de salada de quinoa.

Pode ainda usá-la em sobremesas.

Como cozinhar a quinoa?

Minipanquecas rápidas com 3 ingredientes [sem glúten, lactose, açúcar]

Mais uma opção para o pequeno-almoço. Desta vez, uma receita de panquecas deliciosas para fazer em 5 minutos.  Pode usar qualquer farinha, com ou sem glúten. Também pode fazer 2 panquecas grandes em vez das pequenas.

Cavala com crosta de limão e alecrim

Pode usar este tempero delicioso com outros peixes. O peixe fica mesmo muito bom, aromático e fresco. Além disso, é muito fácil e rápido de fazer. A cavala também tem a grande vantagem de ser um peixe muito em conta.

Onde rapar o tacho #15


Deixo-vos uma sugestão para aproveitarem o sol que, dizem, teremos no fim de semana.
No Porto, os espaços simpáticos e interessantes crescem como cogumelos. Já vos falei desta gelataria e deste mercado. Desta vez, recomendo a nova loja da Santini. Já tinha estado na loja do Chiado, em Lisboa, e tinha gostado imenso dos gelados, por isso queria repetir.

Ceviche de atum e camarão

Apesar de parecer que o verão está a fugir, ainda apetece comer alguns pratos mais leves, saudáveis e cheios de sabor. Esta é uma entrada deliciosa e muito fácil de preparar. Se gosta de ceviche, vai gostar também deste ceviche à oriental.

Salada de feijão-frade, atum e ovos cozidos



Mais uma receita para o verão: simples, rápida e saudável. Pode juntar mais legumes, por exemplo, rúcula ou feijão-verde. Faço esta salada muitas vezes. Espero que gostem! 

Gelados de fruta saudáveis e rápidos

 Cerejas, leite de côco e mel.
 Figos e hortelã.


Mirtilos e iogurte líquido.














Morangos, banana, mel e hortelã.














O meu vício deste verão: gelados de fruta deliciosos e muito fáceis e rápidos de fazer. Congele a fruta que quer usar, descascada e cortada em pedaços, e depois triture-a, juntando um pouco de líquido (leite, iogurte, chá, etc) para ajudar a triturar. Se necessário, junte um pouco de mel para adoçar. Pode juntar ervas aromáticas, especiarias, frutos secos, etc. As combinações possíveis são infindáveis. Quando tiver fruta demasiado madura, não deixe que se estrague, congele e poderá fazer estes gelados.

Salada César com maionese de abacate [versão light]


A salada César é um prato que terá sido inventado no México por um chef italiano. Esta salada costuma incluir alface, ovos cozidos, frango, croutons e um molho. Nesta receita adaptei uma receita do chef Henrique Sá Pessoa, tentando torná-la mais light e, em vez de croutons, usei a tortilha para fazer o cestinho, que serve de prato mas é comestível.


Espetadas de tomate-cereja e mozarela com molho pesto


Ingredientes:
tomate-cereja cortado em metades
queijo mozarela em bolinhas ou cortado em cubos
molho pesto (receita aqui)

Faça as suas espetadas com o queijo e o tomate. Sirva com o molho pesto.

Como assar pimentos?


Muitas pessoas evitam os pimentos porque estes são indigestos, mas com sardinhas assadas sabe tão bem uma salada de pimentos assados. Amarelos, laranja, verdes, roxos ou vermelhos. Use os que quiser, mas lembre-se: os vermelhos, os amarelos e os laranja são mais adocicados e os verdes têm um sabor mais forte e amargo porque ainda não estão maduros, daí serem mais indigestos.
Se quer comer pimentos sem ter problemas de digestão, deixo algumas dicas: escolha os mais adocicados, retire sempre a pele e as sementes, assim como aqueles veios brancos do interior. 

1) Comece por passar os seus pimentos inteiros por água para os lavar, não retire o pé. Coloque-os a assar na brasa ou, se tiver um fogão a gás, diretamente no bico (já experimentei e foi muito rápido). Vá virando para assar de todos os lados até ficarem moles.

Sanduíche de frango com caril e canónigos

Uma sandes fácil e rápida de fazer para levar para a praia!

Ingredientes:
pão
1 bife de frango
1 c. chá de caril
sal q.b.
1 c. sopa manteiga
coentros picados finamente
canónigos q.b.

Antes de rapar o tacho (na praia)...

1)  Tempere o bife com o caril e sal e reserve. Leve uma frigideira ao lume com a manteiga. Quando derreter, junte o bife e deixe cozinhar dos dois lados. Quando estiver quase pronto, junte os coentros picados.

2) Faça a sua sandes com o bife e junte canónigos.

Salada de melancia, queijo feta, azeitonas e manjericão

 Uma salada super refrescante e saborosa para o verão. A melancia traz o doce. O queijo traz o salgado. O manjericão refresca ainda mais. Experimentei e adorei esta salada!

Gelado de manga e hortelã [sem lactose e sem açúcar]


Por aqui, começamos julho com gelados deliciosos. Tenho de confessar que estou viciada nestes gelados. Este ano, ainda não comi de outros. Tenho sempre fruta congelada e, quando me apetece uma coisa doce (acontece-me tantas vezes), em 2 minutos faço um gelado delicioso e saudável. É só escolher a combinação de ingredientes que mais gostar. Ainda por cima, no verão, temos muita fruta e nem sempre conseguimos comer tudo. Congele-a e experimente este gelado. Garanto que vai gostar!
  
Ingredientes (1 dose):
1 manga madura descascada, cortada em pedaços e congelada
80ml chá de hortelã frio
2 folhas de hortelã
2 c. sopa de mel (opcional)

Scones de aveia com amêndoa [sem glúten e sem lactose]


Ingredientes (8 unidades):
Scones:
300g de farinha de aveia sem glúten
1 c. de sopa de fermento
1 c. de café de canela
1 ovo
1 punhado de amêndoas sem casca 
2 c. de sopa de açúcar
2 c. sopa de maple syrup (ou mel)
40g de manteiga fria
50 ml de "natas" de aveia
uma pitada de sal

Clafoutis de Cerejas à Portuguesa

 
Esta é uma receita francesa, da região de Limousin, e a massa é semelhante à dos crepes. Originalmente, o clafoutis era feito com as  cerejas inteiras, ainda com caroço, porque isso dá um sabor amendoado a este doce. Para facilitar, claro que podemos fazer com cerejas descaroçadas e até com outras frutas (maças, pêras, ameixas, pêssegos, etc). Nesses casos chama-se flaugnarde.

Há um ano publiquei esta receita e usei cerejas com o caroço. Desta vez, porque o clafoutis era para levar para o trabalho e partilhar com os colegas, achei que seria mais prático descaroçar as cerejas. Para lhe dar aquele sabor amendoado usei amêndoas torradas. Esta receita foi-me dada por uma querida amiga e segui-a à risca. É simplesmente maravilhosa e aquele toque lusitano do vinho do Porto é a melhor parte da receita. Obrigada, Madalena!

 

Salada vegetariana de noodles soba e cenoura


Ingredientes (serve 2):
150g noodles soba
2 cenouras médias
1 c. chá de sementes de sésamo brancas e pretas
cebolinho q.b.

3 c. sopa de vinagre de arroz
2 c. sopa de óleo de sésamo
2 c. sopa de molho teryiaki

(A)provei #4


Noodles Soba 

A propósito do trigo-sarraceno, um superalimento altamente nutritivo (do qual falei aqui), resolvi experimentar estes noodles soba. Trata-se de uma massa asiática feita com trigo-sarraceno, logo não tem glúten. No entanto, veja os ingredientes porque, muitas vezes, esta massa também inclui farinha de trigo. Estes noodles asiáticos, de cor escura, têm um sabor a frutos secos e absorvem os sabores dos alimentos com os quais se juntam. Gostei do sabor e gostei ainda mais do facto de não terem glúten. Pode comprar estes noodles em lojas de produtos asiáticos e, por vezes, já consegue encontrá-los em alguns supermercados.

Gelados de morango e banana [sem açúcar e sem lactose]

Nunca vi uma receita de gelado tão fácil, rápida e deliciosa e, acima de tudo, saudável. Esta é, no fundo, a receita de um smoothie. Apetece comer logo, mesmo antes de o colocar nos copinhos. Ele fica logo com textura de gelado por causa da fruta estar congelada. Na verdade, também pode fazer esta receita com fruta fresca e as combinações de frutas possíveis são infindáveis. A receita é do chef Avillez. Como sempre, as suas receitas não falham e são simplesmente deliciosas.

Deixo esta sugestão super fácil e deliciosa para fazer hoje, Dia da Criança. A criança da foto é o meu sobrinho, o menino mais fofo e meiguinho do mundo. Apesar do gelado, ele foi buscar a vara de arames à gaveta e disse que queria bolo. Acho que ele pensou que o gelado não substituía o bolo...

Ingredientes (10 gelados):
300g de morangos
2 bananas maduras
3 c. sopa de mel
150ml de leite de côco
5 folhas de hortelã

Favas com entrecosto e salpicão



Nunca fui muito fã de favas, mas, depois de pedir sugestões na página do Facebook do blogue, decidi fazer esta receita. Resultado? Já sou fã de favas! Adorei esta receita, retiro tudo o que disse sobre favas. Experimentem também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...