1 de março de 2016

Superalimentos #8 [algas]


Começamos o mês de março com um novo post sobre um superalimento fantástico, as algas, e uma nova parceria. Em fevereiro fui conhecer a ALGAplus, uma empresa de Ilhavo, que produz algas destinadas ao consumo alimentar, à venda sob a marca Tok de Mar. Adorei conhecer o método de cultivo das algas, não fazia ideia de como seriam cultivadas nem dos seus benefícios para a nossa saúde. Ao adquirirmos macroalgas devemos escolher marcas oriundas de cultivo e com certificação biológica, uma vez que as algas absorvem as propriedades da água em que se encontram e só desta forma temos a garantia de que estarão livres de substâncias químicas nocivas.
A Tok de Mar cultiva e comercializa três espécies de algas: erva-patinha, musgo-irlandês e alface-do-mar. Muito em breve, encontrará aqui receitas com estas algas e falarei de cada uma delas mais aprofundadamente. Para já, explico por que razão devemos consumir as algas da Tok de Mar.


Como e onde são produzidas as algas da ALGAplus?
A atividade da ALGAplus desenvolve-se em Ílhavo, em parceria com uma piscicultura,  onde cultivam espécies de macroalgas da Costa Atlântica de forma sustentável e com certificação biológica, num sistema de aquacultura multi-trófica integrada (IMTA) de tanques em terra. Este sistema de cultivo garante elevados parâmetros de qualidade e segurança alimentar.

Quais os benefícios da inclusão das algas na nossa alimentação?
Desde a antiguidade que a maioria das populações marítimas consomem macroalgas para fins alimentares. Nos últimos anos, a consciência do seu valor alimentar e terapêutico tem vindo a despoletar novamente o consumo nos países do Ocidente e Portugal não é exceção. As macroalgas são conhecidas por serem um alimento extremamente rico, pois oferecem uma grande variedade de minerais (contêm 10-20 vezes maior concentração do que os vegetais terrestes) como magnésio, fósforo, cálcio, potássio, ferro, zinco, selénio e manganês. Com baixo teor calórico, são ainda fonte de fibra, proteína, múltiplas vitaminas (A, C, D, B9, B12, E), ácidos gordos polinsaturados (os ómegas) e de betacaroteno. A sua elevada concentração de iodo ajuda a estimular a glândula da tiróide, responsável pela manutenção de um metabolismo saudável.
Investigadores da Universidade de Newcastle descobriram que o consumo de macroalgas marinhas pode fortalecer o muco intestinal que protege a parede do intestino, retardar a digestão proporcionando uma sensação de saciedade e promover a liberação da energia dos alimentos de forma mais lenta. As algas podem assim resolver boa parte das carências nutricionais, sendo necessárias pequenas doses para prover o nosso organismo dos nutrientes básicos que sustentam a saúde.

Onde posso comprar?
As algas cultivadas pela ALGAplus encontram-se à venda sob a marca Tok de Mar, em embalagens de 30g desidratadas. Mercearias finas, lojas gourmet e de produtos naturais/biológicos são os principais pontos de venda. 

Como se cozinham?
As algas Tok de Mar podem ser usadas como qualquer outro vegetal. Apresentam-se desidratadas por ser um método que permite a conservação por mais tempo e são secas a baixa temperatura para preservar todo o seu valor nutricional. Para cozinhar com algas basta hidratá-las previamente, demolhando em água durante 10 a 20 minutos, até obter a textura desejada. Depois de bem escorrida é só cortar e adicionar aos cozinhados. Podem ainda ser usadas diretamente em flocos (esfarelar entre os dedos ou usar um moinho de café ou picadora, dependendo do tamanho de flocos desejado), ou tostadas (numa frigideira em lume brando até que estejam crocantes, virando com frequência).

 
* Post escrito em parceria com a ALGAplus.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...